sexta-feira, dezembro 17, 2004

O Douro, o Porto e Serralves

© António Baeta Oliveira   © António Baeta Oliveira   © António Baeta Oliveira

Foi bom voltar a subir a marginal, junto ao Douro. Foi bom rever o Porto.
O tempo encurtou com a ida a Serralves e pouco fruímos a cidade.

© António Baeta Oliveira




Serralves é cúmplice do silêncio que suscita e Paula Rego e a sua exposição prendeu-nos e enredou-nos nas suas pequenas histórias, nas suas memórias recheadas de sexualidade, na ironia das alusões, nas imagens e mitos que evoca e com os quais nos surpreende.


 


2 comentários:

hfm disse...

E que histórias, António! E a força do desenho que se cumpre pintura?

FERNANDO disse...

E COMO ESTIVESSE A FAZER A VIAJEM OUTRA VEZ BOAS RECORDACOES