segunda-feira, julho 16, 2007

Uma (1) noite de Jazz


Uma noite de jazz permitiu-me usufruir, pela primeira vez, do agradável espaço situado nas traseiras da Fissul, junto ao rio, cuja conclusão nos foi prometida para finais de Maio de 2006 e que ainda hoje, apesar do recente e apressado reatar das obras, se mantém por concluir.

Gostei bastante do que nos trouxe Afonso Pais, num repertório de proximidade cultural, tanto pelas opções de compositores brasileiros, como das suas próprias composições; uma referência especial para a voz e interpretação de Joana Machado, de uma sobriedade e um desempenho, que me surpreenderam pela positiva.

Pena é que estas ofertas se apresentem isoladas, como por mero acaso, sem uma estratégia visível. O público aderiu muito bem, mas é uma iniciativa sem consequências, apesar da programada sessão didáctica, que não irá influenciar o público que aqui ontem acorreu.

Uma palavra ainda para uma situação que pode ser solucionada. Já tinha notado a ausência de uma caixa de distribuição eléctrica e, eventualmente, de distribuição de uma rede de som. É inadmissível que uma obra em vésperas de inauguração tenha que recorrer a cabos sobre o chão, vindos de outro lado, para uma electrificação que deveria existir no local e que já me tinha saltado à vista, apesar de leigo na matéria.
Mais uma "programação científica" da POLIS, locução que já ouvi usar várias vezes, por responsáveis, a propósito de reparos ou opiniões contrárias.

5 comentários:

hfm disse...

Gosto destas tuas intervenções!

António Baeta disse...

São exigências cívicas, minha amiga.
Obrigado!

♥≈Nღdir≈♥ disse...

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \ Ofereço uma rosa
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=` toda perfumada
.... `-;`.-'
......`)( ... , para aromatizar
....... || _.-'|
........|| \_,/o teu Fim de Semana...
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥

bettips disse...

Nunca esqueço quando gosto. Posso demorar mas volto. Saber, re-saber, re-aprender. E dizer: FELIZ (passado) ANIVERSÁRIO. Abraços aí para baixo para quem franqueou essa porta em arco já há tanto tempo!

António Baeta disse...

Outro abraço deste Sul que tanto prezas.