sexta-feira, novembro 28, 2008

ESTA CASA

Loulé, Novembro 2008, © António Baeta OliveiraFoto de António Baeta

  • ESTA CASA

    Gosto dela assim: ainda vibrante dos passos
    que a deixaram a sós comigo
                                                            desobrigada
    de abrigar seus moradores
                                                        Comigo é
    diferente:
                          não me limito a usá-la
    a habitá-la:
                          namoro com ela
                                                        Comigo
    abandona-se a seus mais íntimos rumores
    e cheiros
                          e     aliviada do dever de ser útil
    em silêncio
                          canta

Teresa Rita Lopes
ALGARVE todo o mar
(Colectânea)
D. Quixote, Lisboa 2005

2 comentários:

hfm disse...

Que bom estes encontros ao fim duma tarde de frio e chuva.

António Baeta disse...

É bem verdade, minha amiga!
Saber que há quem nos escute do outro lado e sente o que nos vai na alma.