quarta-feira, junho 03, 2009

Saber-se avô...


Primavera de 2009, © António Baeta Oliveira

... é sentir-se como quem recebe uma flor das mãos de uma criança.

6 comentários:

Asulado disse...

Parabéns, caro amigo!

Torquato da Luz disse...

Renovo os parabéns e o abraço, caro Toy.

oasis dossonhos disse...

Sinceros e efusivos parabéns. E que lhe leias muitas histórias e poemas.
Abraço
Luís

Manuel Ramos disse...

Continuas um romântico, sem remédio!
Que a neta seja uma flor, ainda marcha; agora, a Irene, uma criança? Vai lá, vai...
Ainda assim, recebe, mais uma vez, os meus parabéns.
E, rapidamente: informa-te sobre estes novos bebés!!

poulana disse...

que coisa boa, avô! Vais curtir esse novo estado ... e ver crescer de perto um ser humano é inventar sorrisos e perpetuar carinhos ... e a bébé é linda, linda!!! Que apetite!
Bj

Marco disse...

Os meu parabéns António!

Um grande abraço
Marco