quinta-feira, maio 20, 2010

Sou um português do sul



sou um português do sul

como poderei negar

o meu passado almoada

se todos os dias convivo

paredes-meias

com o saber dos seus alarifes

e o suor dos seus pedreiros

3 comentários:

Torquato da Luz disse...

És do sul, como sábio alarife, sim, mas também do norte, ora essa... :)
Aquele abraço!

António Baeta disse...

:) Tinha essa reservada para a próxima semana.

Torquato da Luz disse...

Poder de antecipação...