quarta-feira, maio 12, 2010

Uma casa sobre flores


Uma casa em Silves, Maio 2010

                  hei-de construir
                  uma casa sobre flores
                  de portas e janelas cerradas
                  à violência e à xenofobia
                  e franqueadas
                  à amizade e à partilha
                  numa utopia cultural
                  onde
                  apesar das diferenças
                  todos seremos iguais

3 comentários:

環遊世界 disse...

perfect one.

António Baeta disse...

ありがとう!

NeyMaria Menezes disse...

Olá António
Agradeço sua visita ao borboleta sobre a pedra; conhecer este seu
espaço foi como um prêmio! Escritos
preciosos e fotos de "Silves, a bem-amada..." que me deixam saber
dela um pouco mais.
Não há porquê pedir-me licença, eu
mesma, o que fiz foi transcrever o
poema de Jorge Vicente, postado no grupo amantesdasleituras,e naturalmente, creditando a autoria
dele; penso que manter o nome do criador seja suficiente para dar
prova de ética e respeito no trato
dos textos alheios. Independente
disto, de não me julgar com autoridade, visto ser direito de Jorge Vicente, sua solicitação me
pareceu muito gentil e foi um prazer ler seu recado!
Saudações
Ney Maria