segunda-feira, fevereiro 21, 2005

Cooperação "interblogal"

Este blog, como tantos outros, está recheado de links, comentários, agradecimentos, retribuições, que reflectem o encontro de afinidades, de projectos comuns, de simpatias que, cultivadas, geram maior aproximação e até amizade.
No passado dia 16, aqui, a propósito do derrube de árvores numa zona ajardinada da minha cidade, remetia a imagem de algumas das árvores abatidas, para "análise", ao blog Dias com árvores.

A análise foi levada a sério e foi-me enviada a seguinte foto, tirada em Agosto de 2001, perguntando-me se eram estas as árvores em causa.
Ailantos em Silves, © Manuela DL Ramos, Agosto 2001
Confirmada a pergunta, recebi então esta bela foto...

Ailanto em Silves, © Manuela DL Ramos, Agosto 2001
... que aqui fica, enquanto durar, a guardar a memória deste imponente ailanto, que deixou de existir.

E disse mais, a Manuela. Disse que, infelizmente, estas árvores são consideradas invasoras, remetendo-me para este local e ainda para o Arborium de Leiria, onde a foto nº 4 documenta, em pormenor, o fruto (sâmara) dessas árvores.

Uma vez mais, o meu obrigado, Manuela.

Se esta característica invasora dos ailantos era conhecida dos técnicos do POLIS de Silves, tenho que me penitenciar, mas, por favor, poupem a pimenteira que, como diz a Manuela: "Quanto à pimenteira é que é outra história, pois não é invasora e além de belíssima é uma árvore cheia de segredos úteis (os frutinhos vermelhos podem até ser usados em culinária)".

P.S.
Se estiver interessado em conhecer resultados eleitorais relativos a Silves, concelho e freguesia, bem como ao distrito de Faro, visite o Guia da Cidade de Silves.

3 comentários:

Luís N disse...

António, muito interessante, este post, a diversos níveis, desde logo a tua preocupação e a colaboração blogueira.

Segui o teu drama em silêncio porque não tinha qualquer solução. Vejo que estás de volta em força.

Abraço do Luís Ene

HFR disse...

António: em breve darei notícias sobre a morte das árvores em Loulé. Abraço do Helder.

manueladlramos disse...

Caro amigo sou eu que agradeço! Gostei imenso de ter ajudado na identificação das árvores! Um abraço cá do Norte!