segunda-feira, julho 17, 2006

O Verão a duas velocidades

Sobre o Gilão, Tavira, Julho 2006, © António Baeta Oliveira
Sobre o Rio Gilão, em Tavira


Esta quietude, este remanso de fim de tarde, esta frescura na proximidade da água, esta fuga que o barco sugere, serão imagens de conforto no tórrido, seco, ruidoso, massificado e inóspito verão algarvio que se aproxima.

11 comentários:

hfm disse...

Oásis na massa anónima do conglomerado humano!
Esta fotografia fala-me do Algarve de que eu gosto!

bettips disse...

Obg pela presença. Há alturas em que me sinto entrar por essa porta do seu blog, mas ao contrário ... para a escuridão. Gosto muito do que diz que sente. Um dia destes, tenho de mostrar o que admirei nas "Janelas Verdes", tb lá estive, de propósito para a exposição e os jardins.
Tem piada não é? Este "termos estado" sem "nós", conhecimento.

fernanda s.m. disse...

Foi "esse" Algarve que nos apaixonou há tantos anos, mais de 34, e que de ano para ano, procuramos, mas já quase não encontramos. Vão-no-lo roubando, e corremos tudo à sua procura; ainda há lugarzinhos, esquecidos, escondidos, mas até quando ? Fica-nos, a nós que os conhecemos, a riqueza de os termos conhecido, e a saudade em fotos. Para o mês que vem, lá irei, mais uma vez, em busca do tempo perdido...
Abraços.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

gosto...
beijos e boa semana

António Baeta disse...

Helena

Oásis, sim.
Mas ainda por aqui há, como no próprio deserto, muitos oásis, tanto ou mais retemperadores do que este.
Um abraço.

António Baeta disse...

Bettips
Não entendo o que quis dizer com "Há alturas em que me sinto entrar por essa porta do seu blog, mas ao contrário ... para a escuridão".
Um abraço amigo.

António Baeta disse...

Fernanda
É como disse à Helena; há tanto oásis, ainda, para recuperar forças.
Um abraço.

António Baeta disse...

Nadir
Finalmente um comentário, além do beijo e dos votos de bom fim-de-semana ou de boa semana, como hoje.
Outro beijo.

MaD disse...

Felizmente que ainda há muito disto pelo nosso Algarve, embora nem todos saibamos onde.
Quando estiverem cansados desse burburinho, convido-os a virem até aqui à serra. E, de seguida, passem pela costa vicentina.
Saudações.

António Baeta disse...

Compadre
Ora aí está uma boa sugestão.
Eu vou também fazer umas férias para as bandas de Odeceixe, mas só na semana que se segue à próxima e estou ansiando que a data chegue.
Um abraço.

Anónimo disse...

Bela cidade...onde teno o prazer de viver... :)

Traquinas