quarta-feira, agosto 03, 2005

Odeceixe

Odeceixe, Verão 2005, © António Baeta Oliveira

A ribeira de Seixe encontra a sua foz na Praia de Odeceixe.
Odeceixe, vila, ainda dista alguns quilómetros da praia, num trajecto junto ao rio (ao fundo, na foto, divisa-se o casario branco da vila).

Odeceixe 2005, © António Baeta Oliveira   Odeceixe 2005, © António Baeta Oliveira   Odeceixe 2005, © António Baeta Oliveira

Odeceixe tem casinhas coloridas e brancas, bem equilibradas, recantos com graça. É aqui que se hospedam os turistas e veraneantes, clientes da oferta turística, a maior riqueza económica da vila.
Odeceixe 2005, © António Baeta Oliveira


A tarde é quente, arrastada, a lembrar o Alentejo ali ao lado (na outra margem do rio). Só à sombra se encontra acolhimento, depois da sesta, antes ainda dos frequentadores da praia começarem a regressar.

5 comentários:

HFR disse...

Pois é António: Odeceixe nasceu muito depois dele, o rio, o rio Seixe. E foi ele, o rio, que a baptizou com o seu nome.

António Baeta disse...

Confirmo, Helder. Lá está o prefixo "ode", do árabe "wed", rio ou leito de rio.

LG disse...

Nos anos trinta do século xx, aquando do célebre concurso das Aldeias mais poruguesas de Portugal, Odeceixe foi uma das aldeias inscritas tal como Alte.

hfm disse...

É bom ver e rever o que de belo ainda temos! Boas férias!

Maria Odila disse...

ZNão sabia e nem conhecia mas fiquei aqui lendo, sonhando.. adoro Portugal... um dia aidna chego aí
beijos
Maria Odila