terça-feira, agosto 17, 2004

O encanto das primeiras impressões

Uma rua em Xauen, Marrocos, Agosto 2004, © António Baeta Oliveira
Deixo os óxidos amarelos da Igreja de Santiago, em Tavira, para vos apresentar os azuis de Xauen.
Do registo de memórias retiro este trecho das minhas primeiras impressões:

  • (...)
    Resguardada no interior das montanhas do Rif, Xauen tem esse encanto de um passado que se confunde com o meu, quando menino, na pequena aldeia de Alcantarilha, brincando pela tarde, até ao toque das "Trindades", aqui o canto do almuadem, numa rua recheada de crianças, experienciando o mundo envolvente e as cercanias.
    Crianças em Xauen, Marrocos, Agosto 2004, © António Baeta Oliveira
    As gentes de Xauen têm essa meninice simpática e deslumbrada, curiosa com o que lhe é estranho, sorrindo, cumprimentando, tentando aproximar-se de quem os visita, recebendo e acolhendo com uma sinceridade que não é isenta de algum interesse, se bem que venial e cativantemente inocente.



4 comentários:

francisco ricardo disse...

Vou seguir o folhetim que começou a publicar, talvez uma maneira, ávara, de viajar sem sair de casa. fcr.

francisco ricardo disse...

Desculpe, onde está ávara, leia-se avara. fcr.

António Baeta disse...

Está desculpado! :-)
Afinal a avareza não tem grande significado pois o cronista remete sempre os temas para a realidade algarvia.
Um abraço.

Sara Xavier disse...

Viciada em viagens tb o sou de diários.