quarta-feira, abril 14, 2004

Ibn At-Talla, de Silves

  • De Ibn At-Talla (1082-1156)

    nunca fites quem encanto tem,
    foge depressa de um tal olhar:
    quanta desgraça do Destino vem
    ao que o amor não sabe evitar!


ALVES, Adalberto
O meu coração é árabe
Assírio & Alvim, Lisboa, 1998

2 comentários:

Sara Xavier disse...

Belíssimo e intemporal como este mar que me acolhe.

Abraço

fcristovao disse...

Tão longe e tão perto de Almeida Garrett:
"Deita o lanço com cautela,
Que a sereia canta bela...
...Pescador da barca bela,
Inda é tempo, foge dela,
Foge dela,
Ó pescador!"