sexta-feira, abril 16, 2004

"O que escrevo por vezes"

Queiram desculpar-me a insistência, mas não resisto a compartilhar convosco este poema, deste outro poeta do Sul, Ramos Rosa, em A Intacta Ferida, Relógio d'Água, Lisboa, 1991:


  • O que escrevo por vezes
    é como se um sopro de sombra
    no meu corpo abrisse
    o espaço de um silêncio
    um espaço intacto e puro


Algo tarde na noite, no dia em que a minha filha mais nova, a Marta, festejará os seus 24 anos.

8 comentários:

fcristovao disse...

Na casa dos vinte, está Maria, na de quarenta, calculo, o António, na de oitenta, quase, o Ramos Rosa, juntemo-los, que Maria seja "rosa" e que o pai e o poeta sejam os "ramos", a celebrarem com um VERSO tal o seu aniVERSÁrio. fcr

António Baeta disse...

Quero agradecer a sua simpatia, tantas vezes repetida, e a sua sensibilidade.
Tentei responder-lhe por email, sem resultado. Dizem-me que aquele endereço não existe.
Um abraço.

fcristovao disse...

O meu endereço, único que tenho, não existe? Estranho! Ainda não me mudei para o TZero, em promoção, sito no cemitério de S. lourenço de Almancil, e já me "arriscaram" de morador do cyber space? Será que me deram baixa também dos cadernos eleitorais? Um abraço. fcr.
P.S. Eureka!, agora reparo, o email que figura no seu blogal, com um til em ão (cristovão), obviamente, não existe.

eduardo disse...

"Não tenho mais do que palavras/ Mas as palavras são mais do que palavras / Elas podem ter a força de um vento verde e empinam-se para se arredondarem em transparente melodia".
Ramos RosaOs meus parabéns à Marta e um abraço ao António.

António Baeta disse...

Obrigado, Eduardo.

fcristovao disse...

Caro conhecido desconhecido:Nos 24 anos de Marta, troquei o nome por Maria, desculpe o lapso.
Estranho! nas páginas em que se pede um comentário, passou a figurar sempre o meu endereço, aliás com aquele til a mais.
"Podia apagá-lo?". Cumprimentos.fcr.

António Baeta disse...

Cristovão
Quando aqui escreveu pela primeira vez, este programa carregou um "cookie" na sua máquina, o que lhe permite identificá-lo.
Você pode reescrever o seu email numa próxima oportunidade, apagando o til.

jcb disse...

Atrasados embora, os meus votos de felicidades para ambos, com um forte abraço...