quarta-feira, outubro 06, 2004

Egitânea

As Portas de Egitânea, Outubro 2004, © António Baeta Oliveira
As portas de Egitânea

Sabeis como é!?

Passar as portas da romana Civitas Igaeditanorum, velha de vinte séculos, ou da Egitânea visigoda do séc. VI. Saber que caminho sobre as mesmas lajes que outrora foram pisadas por outros pés, então vivos, que carregavam cuidados e afectos semelhantes aos meus, porque humanos, hoje, neste cenário arqueológico, despido de outra vida que não a minha, na tarde quente de um Outono por chegar, nestas terras de Idanha-a-Velha.

P.S.
Pode aceder a mais das minhas fotos de Egitânea (Idanha-a-Velha) clicando aqui.

À margem do texto sobre a Egitânea, permitam-me que divulgue este alerta de uma amiga, a propósito do apelo de Kofi Annan, a todos os países membros das Nações Unidas, para que o apoiem nas decisões da Organização e sua implementação em todo o mundo. O Secretário-Geral pede apoio para agir.

O alerta agora é meu, para a leitura de Balanço Patriótico, em Almocreve das Petas, em tempo de comemorações do 5 de Outubro.


1 comentário:

hfm disse...

Gostei de (re)percorrer os caminhos da Egitânia.

Um abraço

Helena