sexta-feira, julho 16, 2004

Nova imagem de Silves, porquê?

Novo logotipo de Silves

Silves tem uma nova imagem gráfica.
Foi apresentada com pompa e circunstância, mas ainda ninguém explicou porquê e para quê.

Anterior logotipo de Silves
A imagem gráfica anterior, relativamente recente e cuja simbologia tem sido criativamente interpretada na forma como se apresenta em outdoors de diversas dimensões e com diversos fins, na maneira como decora a frota de viaturas e máquinas, no processo que utiliza para nos representar nas placas toponímicas e de boas-vindas das sedes de freguesia e de outras localidades, ao emoldurar livros, publicações, cartazes, documentação oficial e oficiosa, e que no fundo vem sendo a imagem gráfica de Silves e do seu concelho, vai ser toda substituída?
Admito que a nova imagem está mais leve do que a anterior - o tempo "pesa" - mas a nova imagem é menos rica na sua iconografia (cuja utilização tem sido a mais-valia da imagem anterior), e mais representativa da cidade de Silves, menos das suas várias freguesias e da diversidade geográfica do concelho (apesar de alguns símbolos que descortinei num mapa do concelho, mas nos quais, sinceramente, não vislumbro nenhuma representatividade).
Afinal mantêm-se a cor laranja e a tonalidade grés da nossa rocha (embora se perca o verde do arvoredo da serra e do barrocal e o azul do mar) e os símbolos dominantes permanecerão a lua e o castelo. Justificar-se-á tamanha despesa numa imagem que nada altera de fundamental, antes perdendo no particular?
Tudo isto não passa senão por ser a minha argumentação, mas o que dirão os outros?
O que dirá a Assembleia Municipal? Estará esta Assembleia disposta a deixar alterar, sem necessidade especial que o justifique, a imagem com que o seu concelho se apresenta ao exterior? Achará a Assembleia que o dinheiro que vai ser gasto na apresentação, na substituição e na afirmação do novo símbolo, em tempo de crise e de endividamento, valerá a pena? Pergunto ainda:

    - Quererá esta Assembleia agendar e discutir este assunto, ou prefere não reagir perante factos consumados?


11 comentários:

Costa disse...

Como contribuinte e municipe acho que deveria existir uma explicação, e era bom que a mesma fosse convincente! É porque, mudar de imagem de 4 em 4 anos e a meio de mandatos, não é mais do que andar a aumentar o já grande passivo.

lmv disse...

Qualquer empresa sabe que as marcas cansam o consumidor com o tempo. A EDP sabe disso e vai mudar a sua marca. A Galp mudou. As autarquias têm de ser cada vez mais capazes de inovar e de ser dinâmicas. Loulé mudou até excessivas vezes o seu logotipo. Silves muda ao fim de 4 anos e é logo um drama. Modernizemo-nos. Oh Meu Deu! Discutam os problemas reais da cidade. Chega de discussões de vizinhos chatos!

António Baeta disse...

LMV
Acha você, então, que a Sra. Presidente não está a actuar sobre os problemas reais da cidade, pois prefere o acessório ao essencial?

Luisa Anselmo disse...

Calai-vos, oh críticos!
As gentes
querem dormir
dormir dormir
Abençoadas criaturas
nos desertos
dormentes e silenciosos
da genital e malsã
apatia.

carlos david disse...

Foi feito algum estudo sobre a notoriedade/impacto da imagem de Silves?
Depois da conclusão deste estudo, foram convidadas quantas empresas a apresentar propostas para a nova imagem, incluindo o anterior autor?
De salientar que por enquanto a câmara ainda não se encontra no mercado empresarial e concorrêncial uma vez que se assim fosse podiamos trocar por outra!
Por fim, penso que o gosto e a moda não devem sobrepôr-se à imagem das instituições... ainda mais por razões de "imagem" política.

Margarida Ramos disse...

Caros amigos!
Não me restam dúvidas de que "aqui há gato", mas como todos os gatos têm rabo... vamos esperar para ver como irá ser feita a campanha eleitoral e qual será a empresa a suportar as despesas.
Estou de acordo com o que o LMV diz, também a senhora Presidente está a actuar sobre o acessório e não nos problemas reais. Gastando dinheiros públicos sem dar “CAVACO” ás tropas da A. Municipal.
A Sr. raramente tem dúvidas e nunca se engana, portanto, não é necessário colocar esta questão aos membros da Assembleia Municipal!
Estamos perante o poder do Quero, Posso e Mando!
Viva a Democracia!

António Baeta disse...

O LMV com quem concordas não diz isso; o que diz é que esta crítica à actuação da Sra. Presidente é birra de vizinhos.

hr disse...

António: como prometido lá está o post sobre Logos camarários. Um abraço do Helder.

lmv disse...

E já agora. Alguém viu o novo livrinho editado pela CMS? Isso sim, é despesismo e campanha política, financiada pelo executivo.

António Baeta disse...

LMV
Você sabia que o novo "livrinho" integra a campanha pela nova imagem? Sabia que além do "livrinho" há um vídeo? Ou julgava que a nova imagem era só mudar o "boneco"!?
Falávamos de quê, afinal?

lmv disse...

O facto da câmara mudar de logotipo parece-me algo tão pouco, quando começo a olhar para outros problemas da cidade, que não vejo serem assim tão debatidos pela população... o que é pena! Não defendo nem ataco o executivo camarário. Defendo a oposição e o levantar de opiniões melhor sustentadas por aqueles que melhor o sabem fazer. E isto, independente de partidos. A razão nunca acompanha cores políticas, mas sim a inteligencia.