segunda-feira, janeiro 19, 2004

Parabéns, Joana!

© Marta Oliveira, Bolo, 18.Jan.2004
Também aqui, em casa, comemorámos o teu aniversário. A Marta quis tirar esta fotografia ao bolo.
Eu, já cheio de saudade, desde o Natal, deu-me para te recordar pequenina, muito loirinha. Os longos sonos, o leitinho, a papinha, os choros e também as nossas noites sem dormir. Depois dos monossílabos vieram os papa, mamã, papá e por aí adiante. Lembro frequentemente, não sei porquê, os fins de tarde, nas tias, à porta da mercearia esperando a mãe, que nesse ano trabalhava em Loulé. Os contos, as brincadeiras, a escola, as primeiras palavras lidas e escritas.
Os primeiros conflitos vieram com a adolescência, inevitavelmente, mas creio que sempre te surpreendemos pela forma como reagíamos e como ainda hoje te apoiamos nas tuas "aventuras".

Sê sempre feliz, minha filha!

11 comentários:

Vasco Gonçalves disse...

...sem palavras.
Apetece correr e abraçar os nossos pais.
Beijokas.

jcb disse...

Que bom, quando somos capazes de falar assim de nós, das nossas coisas, de dizê-las...

Manuel Ramos disse...

Parabéns, Joana! E também aos "papás" babados!
Manel

António Baeta disse...

Obrigado meus bons amigos.
Um abraço.

Maria Santos disse...

Querido Tó...
Estremeci por dentro ao ler esta declaração de amor profundo (...) e não consegui impedir "os mares dos meus olhos" de vir à tona . "PAI" é uma palavra tão bonita não é???? Um beijo muito grande e um grandeeeeeeee sorriso para si.

António Baeta disse...

Um beijinho para ti, Zéa.

RS disse...

Parabéns (atrasados!) à Joana e um abraço aos "papás".

António Baeta disse...

A Joana está, de momento, sem computador, mas espero que ainda venha a agradecer a simpatia de vocês todos.
Abraço-vos!

Carlos Rocha disse...

Também atrasado chego, mas não deixo passar sem felicitar a minha amiga Joana.
Muitos Parabéns. Que a vida te conserve assim com toda essa energia.
Já agora, um abraço ao Baeta, gostei muito do que disseste, espero um dia me sentir assim também.
Carox

Joana Oliveira disse...

GABINETE 26( lembras-te?!): que mais te posso eu dizer: Amo-te!!!!!!!!
Por mais que possa dizer que Adorei, NUNCA vai corresponder a realidade sentida! ADOREI!!!!!!!
Um beijinho enorme a todos e muito obrigada!
Joana

RS disse...

:-)