quinta-feira, janeiro 01, 2004

Ano Novo. Vida Nova.

Como vêem, voltei com um outro ar para enfrentar o 2004.

Com o castanho avermelhado do "grés de Silves" (rocha desta minha terra), demarco o território e dou o tom com que escrevo este blog.
Com o verde dos laranjais e desta flora mediterrânica, guardo a memória da cor do template anterior, que rememoro no passar dos dias.
Uso também o ouro (alaranjado), da cor deste Sol, mantendo a sua energia para separar colunas, descrever intenções e recordar os nomes dos que fazem a poesia.
Pinto de azul, da cor deste mar, aquilo a que me desejo linkar ou a que outros se linkem e me permite a comunicação nos dois sentidos.
Pincelo, ainda, de vermelho, as ligações exteriores enquanto activas.

Outras cores, para um novo ano, no desejo de um ano melhor.

11 comentários:

Asulado disse...

Sim senhor, roupinha nova no 1º dia do ano :- ! Gostei do new look, espero que o conteúdo se mantenha tão bom como no ano anterior. Um abraço.

Carlos Rocha disse...

Gosto do novo ar, é fresco.
Parabéns, e "api niu iar 2004"

RS disse...

:-) Nice touch.

Sara Xavier disse...

Gosto do novo ar embora quando me linkei tenha apanhado um susto...

Que o novo visual continue a preservar estas belíssimas conversas informais e os poemas que vou descobrindo ou relendo.

Um abraço

António Baeta disse...

Agradeço, a todos, a forma simpática como acolheram esta nova "cara" do Local & Blogal. Gostaria também de poder alterar o conteúdo. Para melhor, é claro.
Um abraço.

Opacidades disse...

Bom Ano 2004.
Estas novas cores são sinónimo de uma nova filosofia de vida? Tudo está mais claro.
Um bom ano com muitos apartes.

jcb disse...

Boa malha... Cá nos continuaremos a encontrar 2004 afora...

joao disse...

o território fala

joao disse...

com a mente

Torquato da Luz disse...

Afinal, já consigo aceder aos comentários.
Parabéns pelo novo "look" e pela sábia previsão da vitória do nosso Sporting.
Mais um abraço deste "cliente" diário, que fica triste quando não te "encontra".

Jorge Freitas disse...

Gosto de qualquer maneira...com mais ou menos côr. E GOSTO e QUERO e prefiro a vivacidade e alegria das contínuas palavras...
Um abraço daqueles...deste pacato admirador