quinta-feira, junho 09, 2005

Um Cont(inh)o (II)

Com votos de um longo e agradável fim-de-semana, mais um microconto (cerca de 50 caracteres):


  • Como actores, na vida, fomos de um naturalismo de gosto duvidoso.

2 comentários:

Asulado disse...

Só os grandes actores agem com naturalidade.

A.J.Faria disse...

Olá António!
Ser actor é uma constante é uma constante na vida.
Chamo-me António Faria, criei um blogue recentemente, e gostaria imenso de contar com a tua opinião.
O acesso ao blogue é o seguinte: Palavraentrepalavras.blogspot.com
Ficaria muito feliz com o teu contributo.
António
Um grande abraço.