sexta-feira, setembro 15, 2006

A História de Silves em Medalhas (VII)

  • História de Silves - 6
    Os Portugueses

    Portugueses e Cruzados, sob o comando de D. Sancho I, tomaram Silves no dia 3 de Setembro de 1189. A cidade caiu, novamente, em poder dos Almoadas, em 1191, sendo reconquistada em 1248, graças à acção de D. Paio Peres Correia.
    Os inícios de edificação da Sé, poderá remontar aos finais do séc. XIII ou aos inícios do séc. XIV e, segundo a tradição ocupa o local onde se erguia a Mesquita Maior. É um amplo templo com três naves, de estilo gótico, reedificado em meados do séc. XV, mas com campanhas de obras do reinado de D. Manuel e posteriores. Ali se guarda a sepultura onde, durante quatro anos, repousou o corpo de D. João II, assim como túmulos dos seus bispos.


7 comentários:

hfm disse...

Continuo a ler com respeito e admiração. Bfs

António Baeta disse...

"Respeito e admiração"; palavras fortes, Helena, venerandas.
Já todos os silvenses sentissem assim a sua terra!
Um abraço.

Anónimo disse...

CARO TÓY !
APRENDENDO ...APRENDENDO VOU !
UM ABRAÇO E BFDS.
JOÃO CARREIRA

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

De passagem e a correr para te desejar um bom fim de semana
beijinhos

António Baeta disse...

Um abraço, João e Nadir.

Joaquim Baptista disse...

Não conheço "in loco" a Sé de Silves, mas tomei contacto com ela atravéz do número monográfico da revista MONUMENTOS da DGEMN. Particularmente interessante a epigrafia portuguesa.

Abraço

Joaquim

António Baeta disse...

Joaquim
Conheço bem a Sé, como é óbvio, mas conheço ainda a revista a que te referes. Sobre a epigrafia há também um outro trabalho, que esse a que te referes vem complementar, de um investigador local.
Agradeço o teu comentário.
Um abraço.